Vender em marketplace é um bom negócio para minha loja virtual?

 
Vender em marketplace pode ser um ótimo negócio para sua loja virtual.
 
Mas o que é Marketplace?  Vender em marketplace nada mais é do que anunciar em um espaço de compra e venda de produtos, uma espécie de Shopping center virtual.
Marketplace-Shopping
No e-commerce, esse conceito se aplica a sites de grandes redes varejistas que permitem a venda de produtos por parte de lojistas parceiros, em troca do pagamento de uma comissão.
 
Vender em marketplace é o mesmo que conseguir uma oportunidade de expor seu produto num shopping online. Quando o investidor oferece seu produto em um site, ou aplicativo desse tipo, ele tende a alcançar uma maior visibilidade entre diversas variedades de marcas e empresas que estão disponíveis na internet.
Mas quais as vantagens e benefícios desta modalidade?
 

Vantagens de Vender em Marketplaces

 
Uma das maiores vantagens em se integrar sua loja a um Marketplace, sem dúvida é a visibilidade. Ali passam muitos visitantes  diários e é interessante aproveitar esse tráfego para exibir os seus produtos e apresentar a sua loja.
 
A confiança é outra grande vantagem. Como há muitas lojas falsas, muitas pessoas sentem-se mais seguras comprando de grandes redes. Nesse sentido, o marketplace é a oportunidade de colocar a sua marca nessa grande vitrine.
 
Naturalmente o número de vendas irá aumentar consideravelmente, já que quanto mais expostos estiverem seus produtos, mais atenção vai chamar dos consumidores.
 
Para empreendedores de lojas virtuais, oportunidades para aumentar ranqueamento e acessos chamam sempre a atenção, já que interferem nas vendas. Isso resultará em fortalecimento da marca, contato com um novo público e novas demandas que poderão fazer o seu leque de produtos crescer.
 
O que acontece ao trabalhar em marketplaces é que as poucas chances de um consumidor pesquisar especificamente pelo seu produto são substituídas pela alta probabilidade de eles “esbarrarem com a mercadoria” enquanto navegavam no site.

Assine nossa lista e receba os melhores conteúdos em seu e-mail

E melhor, de graça!

 

Mas …. nem tudo são flores!

 
Há também algumas desvantagens: Esses shoppings virtuais cobram uma porcentagem alta sobre cada venda, o que pode sair mais caro do que investir em seu próprio e-commerce. Indicamos que você compare os gastos para ambas opções e faça a sua escolha a partir das suas necessidades e condições.
 

Outra situação a ser analisada é a falta de autonomia sobre o seu negócio. Como você estará “alugando” um espaço, qualquer problema, como servidor fora do ar ou invasão, será resolvido pela equipe que cuida do marketplace. Isso pode significar uma demora que você não teria se contratasse uma equipe especializada para cuidar da sua loja virtual.

Ou seja, há uma redução de suas margens de lucro, além de você ficar vinculado ao sucesso do Marketplace em que vende.

Solução mágica

 

Analisando as vantagens e desvantagens, acabamos por perceber que o ideal é que você tenha um e-commerce e também vender em marketplace. Essa união vai proporcionar que o seu negócio aproveite as facilidades apresentadas por ambos.

Assim: você vai contar com o marketing e divulgação dos marketplaces aliados à identidade visual e custos menores da sua própria loja virtual.

Assine nossa lista e receba os melhores conteúdos em seu e-mail

E melhor, de graça!