Gerente de e-commerce é importante para o meu negócio?

Gerente de E-Commerce, o que é, o que faz e qual sua importância?

Para se compreender isso, é importante iniciarmos com o fato que o mercado de trabalho mudou bastante e se transforma constantemente, e por isso algumas profissões que antes não eram conhecidas estão ganhando destaque cada vez mais. No exemplo acima se encontra o Gerente de E-commerce. Você sabe o que faz este profissional?

Primeiro vale ressaltar que o e-commerce começou a ganhar relevância nos últimos anos, ou seja, a forma como as pessoas fazem compras através de seus computadores e celulares, nele estão incluídas as lojas virtuais.

E a evolução de faturamento desse negócio é crescente a cada ano, como mostra o gráfico abaixo, por isso a importância de um profissional para melhorar ainda mais o lucro das lojas virtuais.

Um novo hábito: comprar online!

Até cinco anos atrás podemos dizer que comprar na internet não era uma febre. Muitos inclusive tinham receio.

Pensamentos como: “E se minha compra não chegar?”, “E se o produto chegar estragado ou for extraviado?”, eram bem constantes. Mas as coisas mudaram…(ainda bem!!!)

Não é que hoje não se tenha este pensamento, mas com o aumento da concorrência, aliado ao novo estilo de vida das pessoas, e uso contínuo da tecnologia, comprar virtualmente tornou-se um hábito!

Tanto é que tem pessoas que não compram mais em lojas físicas, tudo é feito virtualmente. Como já afirmado, é sim um mercado em expansão.

Logo, a profissão de gerente de e-commerce ganha evidência. E não é por menos. Os dados divulgados pela Ebit estão ai para comprovar.

Somente durante a Black Friday de 2017, o comércio eletrônico registrou faturamento de R$ 2,1 bilhões.  Por trás destes dados, existe uma equipe, e profissionais atuando fortemente para o bom desempenho.

Isso mostra a vantajosa área em crescimento deste mercado, mas que exige do empresário planejamento, cuidado, pesquisa para driblar a concorrência, e assim aumentar o faturamento.

Continue lendo esse artigo para você:

Índice de conteúdo

1.O que faz então um gerente de e-commerce? 

2.Expansão do negócio: o gerente de e-commerce pode ajudar

3.E-commerce busca profissionais qualificados

 

 

Assine nossa lista e receba os melhores conteúdos em seu e-mail

E melhor, de graça!

 

O que faz então um gerente de e-commerce?

Trabalhar como gerente de e-commerce exige não apenas a competência de gerência em uma loja física, mas o conhecimento em uma loja virtual, desde o entendimento da administração da plataforma do e-commerce até todo o seu funcionamento.

Dentre as tarefas deste profissional, podemos destacar algumas ações:

  • Elaborar relatórios, monitorar a concorrência;
  • Fazer a supervisão dos fornecedores no comprimento de metas;
  • Escolher a melhor tecnologia de vendas disponível para adaptar-se ao seu modelo de negócio bem como a segurança e certificações para as transações online;
  • Aumentar o número visitas do site e cuidar para que essas visitas sejam qualificadas.
  • Pensar em inúmeras formas de prestar serviços ao cliente, e para isso, uma dessas interações pode ser com as Redes Sociais;

Que fique claro que este profissional não irá executar todo o trabalho que o e-commerce exige sozinho, pois é fundamental poder contar com uma equipe que auxilie no processo.

Mas também é evidente que as pequenas lojas virtuais não contam de início com este profissional, já que estão dando os primeiros passos. Nesta fase, normalmente se fazem os investimentos e o retorno que não é imediato, acabam dificultando a contratação de gerente de e-commerce.

Mas contratá-lo pode ser uma sábia decisão para quem busca o sucesso na loja virtual. Aliado a isso, a escolha por uma boa plataforma ajuda no processo de  expansão do negócio.

Especialistas garantem que investir em um gerente de e-commerce pode ajudar a profissionalizar a sua loja virtual. Todo o conhecimento é válido e pode fazer com que a sua loja virtual tenha sucesso.

 Lembre-se: um e-commerce é um negócio a médio/longo prazo, e você precisa se planejar muito para isso!

 

 

Fica a dúvida para quem está iniciando a loja virtual. Por que eu devo contratar um gerente de e-commerce?

Mesmo que o negócio esteja engatinhando, contratar este profissional pode garantir que a sua loja virtual não fique estacionada por longo período, até porque isso é bem comum de ocorrer, principalmente no início.

 

Dica: Para quem procura seguir essa área que é tendência é preferível que o profissional tenha formação em algumas dessas graduações:

– Engenharia da Computação, Ciência da Computação, Sistemas de Informação, e se tiver pós-graduação, melhor ainda.

Além da formação, é fundamental ter o domínio de técnicas de SEO (Search Engine Optimizatio, programação para Sites de Busca) e domínio das técnicas de gestão de campanhas de links patrocinados, conhecimento em design para agregação de banners e comunicados de promoções eficientes.

  

Expansão do negócio: o Gerente de E-commerce pode ajudar

Ao contratar um gerente de e-commerce, além da formação e conhecimento da área, é importante um entendimento sobre a tendência das lojas virtuais, e uma certa interdisciplinaridade sobre os mais diversos assuntos e estudos. Afinal, ele precisa ter um conhecimento bem amplo.

Assim, todos os seus passos e decisões serão conforme a consolidação no  setor de comércio eletrônico nos próximos anos.

O profissional precisa identificar que o acesso mobile, as compras feitas no celular crescem a cada ano.Logo, os celulares acabam se tornando um alvo obrigatório para os e-commerces que pretendem se tornar relevantes.

Outro fator que ele precisa saber integrar é o uso de mídias sociais. E neste caso é indicado principalmente para lojas virtuais menores que buscam mais clientes.

Por meio das redes sociais elas podem desenvolver estratégias de divulgação adequadas para o seu tamanho e expandir o conhecimento da marca.

Algumas competências básicas que esse profissional precisa ter são as seguintes:

1- Boa capacidade analítica e estratégica;

2- Experiência no varejo;

3- Profundo conhecimento em internet e visão global;

4- Dominar os recursos de marketing;

5-Conhecimento em ferramentas e capacidade de liderança;

 E-commerce busca profissionais qualificados

Como é um mercado em expansão e muitos empresários acabaram migrando para o e-commerce e encontrando nesta área a possibilidade de faturar.

Mas há um enorme desafio: a concorrência e compreender como funciona este ambiente que é totalmente diferente do comércio físico.

Não basta apenas a experiência no comércio físico, é necessário muito planejamento, estudo, conhecer bem as técnicas, práticas e habilidades necessárias para o sucesso no e-commerce.

Hoje o comércio eletrônico é uma das poucas áreas que têm alta nas contratações, fato que se deve principalmente as dificuldades em encontrar profissionais especializados neste segmento.

Como encontrar um profissional que vá conseguir direcionar bem a loja virtual? Isso inclui a definição e negociação de fornecedores de tecnologias e internet, entre outros.

Ao mesmo tempo o conhecimento em fazer uma análise da concorrência, e principalmente conseguir realizar um desenvolvimento de estratégia de comunicação.

Como este profissional vai conseguir identificar as principais oportunidades e implantar um plano de ação e tomada de decisão para o desenvolvimento do negócio?

E mais, como conseguir ter uma visão inovadora, otimista e criativa sobre o mercado de atuação da loja virtual?

Mesmo que seja uma área que procura por profissionais qualificados, exige-se de seu empreendedor muito cuidado em cada passo.

A concorrência é grande, e os desafios em ter uma loja virtual também. Mas muito conhecimento, pesquisa, e atuação de uma equipe que está ligada nas tendências e integra as ferramentas pode ser um diferencial para os iniciantes.

 

 

Assine nossa lista e receba os melhores conteúdos em seu e-mail

E melhor, de graça!